Plástica Montenegro

Endocrinologia

Obesidade


Atualmente a obesidade é um grave problema de saúde pública. Problema este que vivemos graças ao resultado da transmissão genética dos potencialmente gordos ao longo dos tempos e permanecemos transmitindo a tal vantagem a nossos filhos.

O gordo genético corresponde de 20 a 30% da população de gordos pelo mundo afora, para o gordo genético se manter dentro de um peso aceitável, ele realmente sofre ou admite a obesidade.

70 a 80% dos gordos no mundo possuem potencial genético da engorda, no qual é permitido ganho de peso variável. Para os indivíduos potencialmente gordos, existe a possibilidade de gatilhos ditados pela genética, influenciados por vários caminhos.

Os magros genéticos (com perfil de magreza resistente), mesmo quando estes são afeitos às grandes ingestas alimentares, são muito menos frequentes que os gordos genéticos.

Pode-se concluir que a obesidade é uma doença plurifatorial, na qual de 20 a 30% dos obesos, mesmo em sociedades que alimentos processados não são os preferidos, terão lutas travadas com suas intimidades genéticas para se estabelecerem em patamares aceitáveis de peso quanto à estética ou saúde. Por outro lado, os outros 70 a 80% de obesos estabelecem uma relação evitável de causa-efeito entre genética e meio ambiente, que nem sempre é reversível e, na maioria das vezes, uma vez estabelecido determinado quantidade de massa gordurosa, para sempre é iniciada uma luta contra este perfil.

Hipotireoidismo, Doença de Cushing e Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) são algumas das doenças que podem resultar em obesidade. O excesso de peso também predispõe o organismo a várias doenças, como doença cardiovascular, diabetes mellitus tipo 2, apneia do sono e osteoartrite.

Mais informações sobre o tema da Obesidade:

Segundo estudos do IBGE, o número de pessoas obesas é crescente.

Pesquisas indicam que existe uma média de 17 milhões de obesos no Brasil. Esse número representa 9,6% da população brasileira.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), existem 300 milhões de obesos no mundo e, destes obesos, um terço está nos países em desenvolvimento.

A supracitada Organização já considera a obesidade um dos dez principais problemas de saúde pública do mundo, classificando-a como epidemia.

Antônio Carlos do Nascimento - Endocrinologista
CRM: 75426

Maria Carolina Nascimento - Endocrinologista
CRM: 72532

Doutores em endocrinologia pela FMUSP

Médico Responsável: CRM 51.769 | REQ: 14693